Amador, ama-dor.

Como a vida dá trabalho! E nós, ah, como ainda somos amadores!
E eu, que sou tão amador, que ama dor de viver.
Amador de ti, de nós.
Que sabe a dor de te amar e não poder ser mais que amador.

(Lennon Uriel)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s